30 June 2007

Mãos de Anéis

.

.Vladimir Kush. Ripples on the ocean
.

.
Esta ânsia de mar conjectura nas águas estagnadas nacarado fulgor de lua.
Adorno pendente em colo de mulher.
Vaga é a noite,
labor ausente de sonhos, mero adormecimento.
Tálamo de sede inútil,
nem inerte nem inquieto,
nem solidez nem abismo.
Mãos de anéis incapazes da noite despirem.
.
.

3 comments:

Starkhyel said...

:)

Luciana said...

esta minha ansia de mar..............

beijos

Zénite said...

O mergulho perfeito num mar de corais de brilho intenso. O que acabo de dar.

Belíssimo.